Início / Novidades / Eventos E Lancamentos / Edufba realiza XIV Festival de Livros e Autores

Edufba realiza XIV Festival de Livros e Autores

 

O Reitor da Universidade Federal da Bahia, João Carlos Salles Pires da Silva, convida para o XIV Festival de Livros e Autores da UFBA, que acontece no dia 17 de agosto, das 17h às 20h, na Antessala da Reitoria da UFBA, localizada no Canela.

Nesta nova edição do evento serão apresentados 11 novos títulos publicados pela Editora da UFBA (Edufba), com a presença de seus respectivos autores ou organizadores, que estarão disponíveis para sessão de autógrafos e bate-papo, após o lançamento.

Com o objetivo de difundir e promover maior acesso às produções científicas de diferentes áreas do conhecimento, a Editora vai oferecer descontos de 50% para os seus lançamentos, e de 40% para os livros publicados no primeiro semestre de 2017.

Confira os títulos que serão lançados no XIV Festival de Livros e Autores:

 
Data: 
quarta-feira, 17 Maio, 2017 - 17:00

"É um romance minha vida": D. Farilda, uma casamenteira no sertão baiano

O livro apresenta a biografia de Dona Farailda, uma mulher do sertão da Bahia que tem sua trajetória marcada pelo casamento, uma vez que, além de ter-se casado sete vezes realizava “casamentos de contrato”. A biografada aparece como uma mulher que, embora reproduza em seu discurso valores como a defesa da família e do casamento monogâmico, visto na perspectiva heteronormativa, tem práticas que parecem subverter normas estabelecidas para as mulheres de Serrolândia/BA. O livro interessa aos estudiosos das relações de gênero, sexualidades, biografia, história oral, assim como aos que acreditam na invenção da vida.

A cidade-atração a norma de preservação de áreas centrais no Brasil dos anos 1990

A cidade-atração investiga os programas e projetos que, a partir dos anos 1990, incorporaram o patrimônio de cidades brasileiras como um ativo urbano destinado a contribuir para a transformação de quadros de desvalorização econômica e de uso e apropriação popular. Com base em processos deflagrados nas áreas centrais de Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo, busca compreender os sentidos subjacentes à proliferação e à banalização de práticas preservacionistas e apontar outras possibilidades socialmente mais significativas de uso do patrimônio urbano.

Disputas em torno do espaço urbano: processos de [re]produção/construção e apropriação da cidade

A publicação é resultado de uma série de textos que dão conta de processos sociais que têm efeitos sobre os modos como as pessoas vivem na cidade. Seus organizadores propõem o fomento de discussões em torno de temas como as perspectivas históricas sobre o processo urbano no Brasil, o acesso ao espaço público e a securitização do espaço urbano e o acesso de diferentes atores sociais aos espaços da cidade. A importância dessas discussões partem do pressuposto de que diálogos interdisciplinares são essenciais para compreender e amadurecer os debates sobre o que ocorre hoje nas cidades, especialmente latino-americanas.

Encontros e desencontros de lá e de cá do Atlântico: mulheres africanas e afro-brasileiras em perspectiva de gênero

O título aborda temas de gênero no contexto da África Subsaariana e do nordeste do Brasil, e foi estruturado pela necessidade de repensar e questionar algumas das concepções eurocêntricas no âmbito do estudo sobre mulheres e gênero, e reavaliar a eficácia da sua aplicabilidade nessas realidades. A partir da análise dessas, a obra procura possíveis formas de diálogo entre as experiências das mulheres africanas e afro-brasileiras, e busca proporcionar ao leitor uma visão mais ampla e articulada dos processos históricos nessas realidades “(in)distintas” do continente africano e do Brasil.

Ensino coletivo de instrumentos musicais: contribuições da pesquisa científica

Organizador(a): 

O livro é uma coletânea de artigos oriundos das pesquisas sobre Ensino Coletivo de Instrumento Musical (ECIM)  realizadas no Programa de Pós-graduação em Música da UFBA nos últimos anos. O ECIM vem sendo difundido de forma crescente no Brasil nas últimas décadas. A Universidade Federal da Bahia (UFBA) foi pioneira na institucionalização das metodologias e das práticas de ECIM no âmbito das universidades brasileiras, por meio da criação das oficinas de música, do projeto de extensão ligado a Escola de Música, e da produção apresentada no Programa de Pós-Graduação em Música.

Gregório de Mattos e Guerra: uma re-visão biográfica

A obra biográfica (re)vive Gregório de Mattos e Guerra, revelando certos aspectos de sua vida, utilizando-se de documentos de arquivos e poemas apógrafos, que servem para situar e datar o homem e (re)modelar o seu “mito” e desmantelar a visão estereotipada a respeito do poeta que perdura até hoje. O livro retoma Gregório de Mattos e Guerra, sem intenções de restaurar, mas buscando dar uma nova luz a esse autor que (re)existe como um “fantasma literário”, através de seus textos apógrafos.

Nas fronteiras da linguagem: língua, literatura e cultura

Organizador(a): 

Dividida em quatro partes, a publicação é o resultado do trabalho de diversos estudiosos de Linguística e Literatura, que constroem saberes para refletir sobre a trajetória das Ciências Humanas. Na obra, são exploradas diferentes formas de apresentação da linguagem, seu dinamismo e a forma como ela se atualiza e integra os povos culturalmente, discute o ensino da língua e suas transformações nos diferentes âmbitos da linguística, e analisa a plurissignificação da palavra nas malhas discursivas do texto literário, entre outros temas que demonstram que a linguagem não é apenas veículo de comunicação, uma vez que transcende e ultrapassa todos os limites impostos pelo cotidiano.

Os sentimentos sociais com base em laço de tom positivo: uma contribuição da psicanálise freudiana aos estudos culturais

A autora retoma neste livro uma estrada que tem palmilhado passo a passo, que é o favorecimento do encontro da psicanálise com a sociologia, trazendo agora o conceito de identificação, por ser um ponto de convergência privilegiado para se tecer a articulação dessas duas vertentes do pensamento. O exame do conceito de identificação em toda a obra de Freud contribui de forma pioneira para os Estudos Culturais, para uma análise dos dilemas da desigualdade e diferença no mundo atual, proporcionando a discussão de mecanismos que possam promover, no futuro, relações sociais em que as diferenças serão tratadas como manifestações de expressões distintas e complementares de humanidade. As fronteiras não serão mais defendidas com muros e grades, e sim espaços de circulação e trânsito, abertos ao convívio e à troca afetiva.

Perspectivas de interpretação, teoria e composição musical

O livro trata do paralaxe, que é a lacuna entre os dois modos constituintes da presença da música em nossas universidades hoje: teoria e composição. Busca-se a contraposição subversiva e confrontamento igualitários entre os modos, acreditando que é do alinhamento desses modos que podemos estabelecer um rumo que tenha mais sentido para quem empreenda essa jornada em uma universidade. Compositores e intérpretes focam nas teorias “além” de suas práticas – buscando sentidos mais coerentes para estas, ou que vão nortear seus discursos de cunho mais teorizante através de práticas por eles realizadas.

Sequências para o ensino de geometria do ensino básico

A obra tem o objetivo de propor reflexões e atividades oriundas de estudos de situações, analisando o processo de aprendizagem à luz da Teoria das Situações, juntamente com alternativas que influenciam o ensino e a aprendizagem de objetos da geometria para Educação Básica, apresentando situações desenvolvidas para o trabalho de professores e estudantes. Essas atividades foram desenvolvidas com o intuito de contribuir no desenvolvimento de competências e habilidades (agir, se expressar, refletir, evoluir por iniciativa própria), assim como alicerçar a construção de novos conhecimentos e estratégias de resolução de problemas.

Transviad@s: gênero, sexualidade e direitos humanos

Autor(a): 

O livro reúne textos cuja temática gira em torno das disputas que acontecem na sociedade em torno das sexualidades e dos gêneros. Nele, as questões trans são examinadas por diversas angulações, como as visões biomédicas e o pensamento crítico sobre transexualidade, as reformas legais, as modificações corporais, e os direitos de identidade social e de acesso à saúde, por exemplo. Na publicação também são exploradas as discussões sobre discriminações cruzadas ou “intersecionalidade” entre classe, raça e gênero, as armadilhas das políticas de identidade e dos discursos de direitos humanos e os efeitos perversos da institucionalização.

Acompanhe as Novidades

Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Siga a Edufba
nas redes sociais

instagram