Início / Novidades / Eventos E Lancamentos / Edufba retoma eventos presenciais com o 39º Festival da UFBA

Edufba retoma eventos presenciais com o 39º Festival da UFBA

 
A Editora da Universidade Federal da Bahia (Edufba) realiza, nos dias 30 e 31/3, o 39º Festival de Livros e Autores da UFBA. Pela primeira vez desde o início da pandemia, em março de 2020, parte do evento será realizada de forma presencial. Esse Festival assumirá uma forma híbrida, mantendo as lives para atender ao público virtual e agora também volta a se fazer presencial em um evento na Biblioteca Reitor Macedo Costa, em Salvador (BA).
 
O Festival na Biblioteca irá das 15h às 18h, nos próximos dias 30 e 31, e contará com a presença de autoras(es), organizadoras(es) e tradutoras(es) comentando e autografando suas obras. Nesses mesmos dias, pelo canal da Edufba no YouTube, a editora também lançará livros ao vivo, com a participação dos realizadores das obras, desde às 11h do primeiro dia do Festival.
 
Vinte e dois livros serão lançados e todos estarão com 30% de desconto se adquiridos durante os dias do evento. A compra pode ser realizada tanto na Biblioteca Reitor Macedo Costa quanto de modo virtual, pelos sites de venda Estante Virtual e Amazon, pelo WhatsApp (71) 99732-6726 ou pelo e-mail coedufba@ufba.br.
 
 
 
Confira a programação presencial e virtual do 39º Festival de Livros e Autores da UFBA:
 
 
Evento na Biblioteca Reitor Macedo Costa: 
 
 
Dia 30/3 (quarta-feira), das 15h às 18h 
 
Lançamento de “Avaliação em saúde: elementos teóricos e recomendações para a elaboração de projetos”, com  Maria Guadalupe Medina, Rosana Aquino (Org.), Ana Luiza Queiroz Vilasbôas e Rosemary Fonseca
 
Lançamento de “Pesquisa aplicada e inovação v. 3”, com Hugo Saba e Eduardo Jorge
 
Lançamento de “Balança mas não cai: memórias do jornalismo”, com Emiliano José
 
Lançamento de “Caleidoscópios: 60 anos de Evando Nascimento”, com Cássia Lopes, Evelina Hoisel e Victor Coutinho Lage
 
Lançamento de “Negras(os) da Guiné e de Angola”, com Joceneide Cunha dos Santos
 
Lançamento de “Negras, quilombo afetivo: abrindo caminhos através da extensão”, com Liliane de Jesus Bittencourt, Aniele Almeida Silva Berenguer, Douglas Miranda Ayres Bonfim, Giovanna De Carli Lopes e Renata dos Anjos Pinheiro
 
Lançamento de “Para que serve a biblioteca pública? Novas configurações para o século XXI”, com Bruna Lessa, Ivana Lins, Hildenise Novo e Fabiano Cataldo.
 
 
Dia 31/3 (quinta-feira), das 15h às 18h:
 
Lançamento de “Práticas de ensino da leitura e da escrita na escola pública”, com Simone Bueno Borges da Silva e Alvanita Almeida Santos (Org.)
 
Lançamento de “Design para inovação social: perspectivas metodológicas e casos relevantes”, com Lia Krucken
 
Lançamento de “Bahia: política e sociedade (1930-1940)”, com Ricardo Sizilio (Org.)
 
Lançamento de “Agrobiodiversidade, segurança alimentar e tecnologias sociais”, com Clícia Maria de Jesus Benevides e Fábio Rodrigo Santana dos Santos
 
Lançamento de “Os saberes em desenho do professor Manuel Raymundo Querino”, com Gláucia Maria Costa Trinchão
 
Lançamento de “Edificar a igreja, consolidar o império”, com Ediana Ferreira Mendes
 
Lançamento de “Ricinus communis L.: sementes, envelhecimento e estresse oxidativo”, com Luzimar Gonzaga Fernandez, Thamires Soares Ricardo Jesus, Patrícia Campos Santos (Org.), Paulo Roberto Ribeiro de Jesus e Renato Delmondez de Castro
 
 
 
Lives no Canal da Edufba no Youtube:
 
 
Live 1 - Dia 30/03 (quarta-feira), das 11h às 12h
 
Lançamento de “Saúde-doença-cuidado de pessoas negras: expressões do racismo e de resistência”, com  Hilton Pereira e Leny A. Bomfim Trad
 
Lançamento de “Infâncias do sul global: experiências, pesquisa e teoria desde a Argentina e Brasil”, com Juliana Siqueira de Lara e Paula Pimentel Tumolo
 
 
Live 2 - Dia 30/03 (quarta-feira), das 13h às 14h
 
Lançamento de “Imagens da resistência: dimensões estéticas e políticas”, com  Leandro Lage (Org.)
 
Lançamento de “A dimensão moral: rumo a uma nova economia”, com João Pedro Schmidt (tradutor) e Vanessa Kannemberg (co-tradutora)
 
 
Live 3 - Dia 31/03 (quarta-feira), das 13h às 14h
 
Lançamento de “Interdisciplinaridade, sociedade e intervenções: diálogos entre egressos(as) de pós-graduação”, com  Ivonete Barreto de Amorim e Sandra Célia Coelho Gomes da Silva (Org.)
 
Lançamento de “Mundo da vida e redes educativas”, com Leonardo Rangel e Liége Sitja (Org.)
 
 
Live 4 - Dia 31/03 (quarta-feira), das 15h às 16h 
 
Lançamento de “Nas ruas: abolicionismo, republicanismo e movimento operário no Recife”, com  Felipe Azevedo e Souza
 
Lançamento de “O genocídio velado: investigação histórica”, com Sérgio Miguel José e Carmem Druciak
 
 
 
SERVIÇO:
 
O que: 39º Festival de Livros e Autores da UFBA
 
Onde: Evento Presencial: Biblioteca Reitor Macedo Costa, Campus da UFBA, Rua Barão Jeremoabo, S/N - Ondina, Salvador - BA
 
           Evento Virtual: Canal da Edufba no YouTube 
 
Quando: Evento Presencial: 30 e 31 de março, das 15h às 18h
 
               Evento Virtual: 30 de março, às 11h e às 13h  e  31 de março, às 13h e às 15h
 
Como comprar: Amazon
 
                          Estante Virtual
 
                          E-mail – coedufba@ufba.br
 
                          WhatsApp – (71) 99732-6726
 
 
 
Para mais informações:
 
Instagram da Edufba - @edufba
 
 
Setor de comunicação: imprensaedufba@ufba.br
 
Data: 
quarta-feira, 30 Março, 2022 - 11:00

Avaliação em saúde: elementos teóricos e recomendações para a elaboração de projetos

A obra pretende trazer uma contribuição para a elaboração de projetos avaliativos que estejam articulados às práticas de planejamento e gestão, potencializando a incorporação das práticas avaliativas à rotina dos serviços e contribuindo para a melhoria da qualidade da atenção à saúde prestada à população. O fio condutor do livro é o processo de elaboração de projetos de avaliação de intervenções em saúde. A obra traça um percurso que vai desde a apresentação de conceitos básicos e elaboração de perguntas avaliativas até a formulação do arcabouço de projetos e ilustração por meio de exemplos. 

Pesquisa Aplicada & Inovação V.3

O livro foi escrito para profissionais que desejem compreender os princípios e as aplicações dos métodos e tecnologias na contemporaneidade. O texto é apresentado de forma a torná-lo acessível a qualquer pessoa, independente do conhecimento prévio das diversas tecnologias. Apresenta-se como material adequado para os cursos de graduação e pós-graduação nas mais diversas áreas, da educação à mobilidade urbana e com ênfase especial na área de saúde e biomedicina.

Balança mas não cai: memórias do jornalismo

Autor(a): 
O autor desvenda o mundo do jornalismo a partir da sua perspectiva e trajetória profissional, entre o segundo semestre de 1974 e meados de 1975. Um mergulho nas redações, nos aprendizados, nas fontes, nas relações entre editores e reportariados e tantas outras vivências no percurso de formação como profissional jornalista. 

Caleidoscópios: 60 anos de Evando Nascimento

A coletânea reúne os textos apresentados no Colóquio Internacional 60 anos de Evando Nascimento: o Pensamento da Cultura – Literatura, Filosofia, Artes e Tradução, ocorrido em agosto de 2020. Várias vozes de intelectuais importantes participam desse livro, na construção de uma rede de intercâmbio de leituras, todas motivadas pela obra literária desse autor. Trata-se de um caleidoscópio de interpretações sob os mais diversos enfoques, com um profícuo campo de debate literário, na interface com outras linguagens artísticas e na exposição de pensamentos a partir de diferentes trabalhos desse escritor, ensaísta, artista visual e professor universitário.
 

Negras(os) da Guiné e de Angola: nações africanas, vivências e sociabilidades em Sergipe (1720-1835)

O livro aborda as nações africanas e alguns dos seus rearranjos em Sergipe, entre os séculos XVIII e primeiras décadas do século XIX. No trabalho, são identificadas as principais nações africanas por vila, mapeando os homens e mulheres africanos em todas as Vilas sergipanas existentes naquele período e como se organizavam. Esses elementos diferenciam essa obra de outras sobre a temática e marca o ineditismo do livro ao inserir Sergipe no debate. 

 

NEGRAS, Quilombo Afetivo: abrindo caminhos através da extensão

 

O livro é fruto de encontros entre as integrantes do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero, Raça e Saúde (NEGRAS) – docentes, pesquisadoras, estudantes – e outros acadêmicos, ativistas das causas raciais e de gênero, estudantes do ensino básico e pessoas da vida real que foram atraídas por nossas atividades. A obra compila duas atividades realizadas pelo Núcleo. Na primeira seção, há os desdobramentos promovidos pelas edições do Cine NEGRAS, já a segunda seção vai se entrelaçando entre os textos produzidos pelos(as) participantes do curso de extensão numa lógica mais reflexiva e temática. 

 

Para que serve a biblioteca pública?: novas configurações para o século XXI

Organizador(a): 

O livro reúne 11 textos que versam sobre a importância da biblioteca pública, no contexto brasileiro, propondo uma reflexão sobre as novas políticas públicas voltadas para essas bibliotecas e as ações e atividades culturais oferecidas por elas para aproximar a população de suas estruturas físicas, reforçando sua vocação de espaço social e de interação. Assim, a obra contribui para a compreensão de grandes mudanças e inovações, face às multiplicidades existentes na conexão entre leitura, informação, cultura e biblioteca, e como o conhecimento de tais conexões podem ser utilizados para ampliar a ação sobre o mundo.

Práticas de ensino da leitura e da escrita na escola pública: linguagens e subjetividades

A obra apresenta trabalhos desenvolvidos por professoras(es) de língua portuguesa comprometidas(os) com uma formação mais crítica e criativa das(os) estudantes. Estão reunidas experiências de ensino com foco na criação literária, nos gêneros discursivos mediados pelas tecnologias digitais e nas práticas de escrita crítica engajadas em abordagens de ensino. Assim, os capítulos presentes no livro trazem, ainda, importantes reflexões conceituais em diálogo com a prática docente, desenhando um percurso em que a teoria e a prática não se dividem. Pelo contrário, são parte de um mesmo processo de construção de parâmetros para um conceito de educação pública de qualidade, gratuita e inclusiva.

 

Design para inovação social: perspectivas metodológicas e casos relevantes = Design for social innovation: methodological perspectives and relevant cases

O design para a inovação social tem sido apresentado como um campo de atuação com diversas abordagens processuais e entendimentos metodológicos. No entanto, ele carece de mais exemplos e de maior detalhamento de ações capazes de motivar novos projetos e aplicações, com vistas a alcançar respostas de design com foco em melhoria de bem-estar e qualidade de vida. A proposta desse livro é marcar o campo do design para inovação social e ampliar o repertório de projetos por meio de uma base sólida de referências e exemplos de atuação consciente, responsável e socialmente inovadora para designers, projetistas e decisores, na perspectiva de contribuição para novos estudos e novas redes de conhecimento. O livro traz trabalhos de universidades brasileiras e estrangeiras, com textos em português, inglês e italiano.

 

Inglês 
 
Design for social innovation has been presented as a field of study with several procedural approaches and methodological understandings, lacking more examples and detailing of actions capable of motivating new projects and applications, in search for achieving design responses focused on improving well-being and quality of life. The purpose of this book is to mark the field of design for social innovation and expand the repertoire of projects, through a solid base of references and examples of conscious, responsible, and socially innovative action for designers, project developers, and decision-makers, from the perspective of contributing to new studies and new knowledge networks. The book features works from Brazilian and foreign universities, with texts in Portuguese, English and Italian.
 

Bahia: política e sociedade (1930-1940)

Organizador(a): 

A coletânea é composta por artigos que analisam indivíduos, atores coletivos, homens e mulheres, sob suas condições de classe, raça e gênero que marcaram os horizontes de meados do século XX. Possui um recorte de natureza primordialmente política, sem descuidar da economia e da vida cotidiana. Ao longo da leitura, são abordados temas como: militantes de esquerda, líderes políticos de traços oligárquicos e autoritários, populações em deslocamento, gente com fome, protagonistas negros ocupando espaços nos partidos dos grupos dirigentes locais, mulheres combativas lançando mão da prosa e da poesia e utopias acerca do passado, presente e futuro. 

 

Agrobiodiversidade, segurança alimentar e tecnologias sociais

O livro é resultante de uma coletânea de capítulos que contemplam diversos assuntos que perpassam a agrobiodiversidade, a segurança alimentar e as tecnologias sociais (TS) voltadas para comunidades tradicionais. O livro está dividido em duas partes: na primeira são discutidos temas mais voltados para a agrobiodiversidade e segurança alimentar, enquanto a segunda se volta para as tecnologias sociais. No que se refere às TS, os temas são abordados sob a óptica da análise cognitiva como estratégias de superação da pobreza, além de terem relevância socioeconômica para a segurança alimentar e, consequentemente, para a saúde da população avaliada.

 

 

Os saberes em desenho do professor Manuel Raymundo Querino

Por meio da análise de duas obras raras de Manuel Querino, “Desenho linear das classes elementares (1903)” e “Elementos de desenho geométrico (1911)”, os artigos presentes no livro abrangem questões de ordem política, econômica, educacional e histórica que caracterizaram o pensamento e a prática do ensino do desenho, difundidos no Liceu de Artes e Ofícios da Bahia e no Colégio dos Órfãos de São Joaquim, espaços de formação de mão de obra técnica para pobres, ex-escravos e filhos de operários, no Brasil republicano do final do século XIX. O livro é o volume três da "Coleção Ação Referência". 

 

Edificar a igreja, consolidar o império

A obra aborda a história religiosa do Brasil entre meados do século XVII e do XVIII, investigando os impactos da formação acadêmica no desempenho do episcopado nas dioceses baiana, pernambucana e fluminense. A autora reconstitui e explica o que os bispos e arcebispos dessas dioceses fizeram e em quais circunstâncias, possibilitando conhecer não apenas a biografia desses indivíduos, como também o funcionamento da Igreja e os seus plurais impactos naquelas regiões do ultramarino português. No final, apresenta-se um apêndice que resume os dados da passagem desses bispos pela Universidade de Coimbra.

Ricinus communis L.: sementes, envelhecimento e estresse oxidativo

A obra é uma compilação de publicações científicas com foco nos mais diversos mecanismos biológicos, bioquímicos, fisiológicos e moleculares envolvidos em processos estudados, mas nunca esgotados, principalmente em sementes de culturas agrícolas como a mamona. As autoras trazem à luz conhecimentos sobre qualidade de sementes, os estresses oxidativos aos quais estas estão sujeitas, com ênfase em enzimas antioxidantes e ciências ômicas, que permitem análise de sistemas biológicos para a identificação e caracterização de biomarcadores de qualidade e envelhecimento de sementes, entre outros assuntos.

 

Saúde-doença-cuidado de pessoas negras: expressões do racismo e de resistência

A coletânea reúne resultados e reflexões baseadas em pesquisas e práxis político-social no campo da saúde da população negra, sendo um dos produtos do Programa de Cooperação Acadêmica (PROCAD/Capes) entre três programas de pós-graduação - Saúde, Ambiente e Sociedade na Amazônia da Universidade Federal do Pará (PPGSAS/UFPA), Saúde Coletiva da Universidade Estadual de Feira de Santana (PPGSC/UEFS); Saúde Coletiva do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (PPGSC/ISC-UFBA). O racismo e as repercussões na saúde individual e coletiva de negros e negras do país constitui o foco deste I volume.

 

Infâncias do sul global: experiências, pesquisa e teoria desde a Argentina e o Brasil

Organizador(a): 

A obra reúne contribuições de pesquisadoras(es) argentinas(os) e brasileiras(os) sobre a condição de ser criança nesses dois países. O conjunto dessas contribuições visa instigar uma discussão sobre a singularidade da posição da criança nessas localidades da América Latina, tendo em vista a seguinte questão: como a condição de ser criança na Argentina e no Brasil pode desafiar as teorias vigentes no campo da infância e fazer emergir questões de pesquisa não pautadas na agenda internacional de investigação.

 

Imagens da resistência: dimensões estéticas e políticas

Organizador(a): 

O livro faz uso da estética e da política para dar forma visível aos afetos da indignação, do desejo, do sofrimento, assim como da felicidade, da esperança e de tantos sentimentos e emoções que animam os levantes. Autoras e autores de diversas áreas do conhecimento refletem, de modo transdisciplinar, sobre as bases teóricas e também sobre as mais diversas manifestações e expressões imagéticas do desejo de insurgir. Assim, a obra reúne um conjunto de textos e imagens destinados a iniciantes, estudantes e pesquisadoras(es), do campo da inflexão entre comunicação, estética e política. 

 

A dimensão moral: rumo a uma nova economia

Autor(a): 

A obra propõe uma crítica ao neoliberalismo e ao fundamento de um novo paradigma socioeconômico, com enfoque maior no comportamento humano, em especial o econômico. Para isso, a argumentação se ocupa de variados temas da economia, mas também de filosofia, sociologia, psicologia e outras áreas. Etzioni revela o esforço de reatar fios rompidos por autores que descolam a economia do conjunto da vida social, mostrando que a noção neoclássica de que o mercado é um sistema separado e autossuficiente cede diante das evidências de que as diferenças culturais, políticas e sociais incidem na forma de funcionamento do mercado em variados contextos. 

 

Interdisciplinaridade, sociedade e intervenção: diálogos entre pesquisas de egressos(as) de pós-graduação

A obra é uma coletânea de pesquisas do Mestrado Profissional da Universidade do Estado da Bahia (UNEB/Campus XI). Ao longo de dez capítulos, há a intersecção de temas variados, como: saúde emocional, inclusão educacional, comunidade quilombola, comunicação científica, formação no curso de medicina, relações familiares e ciência e cidadania. O livro revela o êxito de professores(as) e pesquisadores(as) em levar ao público seus trabalhos desenvolvidos na academia. Além de provocar novos diálogos no campo da pesquisa de caráter interdisciplinar, visa potencializar perspectivas multi/interdisciplinares na pós-graduação.

 

Nas ruas: abolicionismo, republicanismo e movimento operário no Recife

A obra explora os movimentos abolicionista, republicano e operário sob o prisma da participação política de trabalhadores livres, libertos e escravizados. Abordando o agitado cenário de manifestações públicas ocorridas na capital pernambucana durante a virada do século XIX, o livro apresenta uma contribuição nova à nossa compreensão sobre as lutas por direitos sociais e políticos entre os de baixo.

 

O genocídio velado: investigação histórica

A obra foi lançada, originalmente, em 2008, na França. Polêmico ao se referir a membros de sua própria religião, o professor Tidiane N’Diaye fala de “genocídio” para caracterizar os tráficos de escravizados transaariano e oriental praticados por seguidores do Islã durante 13 séculos (VII-XX). Essas investidas vitimaram mais de 17 milhões de escravizados, que foram mortos, castrados e deslocados de suas origens sem interrupção. Os enormes grupos foram obrigados a cruzar o deserto a pé para chegar ao Magrebe, Egito ou Península Arábica via Zanzibar. No entanto, esse comércio de escravos foi minimizado, ao contrário do comércio ocidental com a América. Assim, a obra é um mergulho profundo nessa investigação histórica, lançada, originalmente, em 2008, na França e agora, pela primeira vez, em uma tradução no Brasil.

 

Acompanhe as Novidades

Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Siga a Edufba
nas redes sociais

instagram